Receba a Luz!

Receba a Luz

Hoje em dia, a sociedade está num desfiladeiro mental tão estreito que a opinião que se tem acerca da “Luz” é dicotômica. O que isso quer dizer? Quer dizer que ou tem-se Luz como um fenômeno físico palpável ou algo muito além de nosso alcance, um bicho de sete cabeças.

Os maçons dizem aos membro recém-aceitos: “Irmão, que você receba a Luz!”. Jesus declarava a seus discípulos que eles eram “o Sal da terra e a Luz do Mundo”. Einstein afirmava (e nossos professores repetem) que E=mc² (Energia é igual à massa vezes a velocidade da Luz ao quadrado). Enfim, “Deus” declamou: “Faça-se a Luz”, e a Luz se fez.

Receba a Luz

Receba a Luz

A Luz pressupõe um estado anterior ou alternativo de trevas. As trevas existem ou simplesmente se configuram como ausência de Luz? A Luz seria percebida se ela fosse sempre presente? 

Se você pegar um cego de nascença e alguém, com visão perfeita, que tenha ficado por muito tempo numa caverna escura, constataremos algo desconcertante. O cego saberia descrever a Luz por viver no meio de pessoas que a percebem todos os dias, e o homem de visão perfeita diria que “esqueceu-se” como é a Luz por ter sido aleijado há muito tempo dela. Estranho, não?

Sim, estranhamente “normal”. Isso prova que nossos sentidos físicos só nos servem como orientadores enquanto referenciais entre nós e o exterior, nunca para nos autodefinir. Eles nunca dizem o que alguma coisa é, essencialmente, ou o que somos, isoladamente. Eles apenas nos mostram que sensações aquela coisa, ou fato, provoca em nossas mentes.

Nossos cinco sentidos são filtros relativos, ou seja, relacionam o exterior com nosso interior. Logo, se deixarmos nossos sentidos condicionarem nossa mente, ficaremos à mercê das ondas coletivas, das modinhas, de tudo que é lixo e que nos fazem engolir como lavagem de porcos na hora da fome.

O exterior, com seu vale-tudo, seus valores distorcidos e orquestrados pela mídia, não nos mostra o que é certo ou errado. Isso só conseguimos saber quando nos voltamos pra dentro de nós mesmos e perguntamos: O que eu faço aos outros é o que eu gostaria que me fizessem? Isso vai prejudicar o outro ou ajudá-lo a se libertar? É certo apontar o erro alheio se eu tiver defeitos semelhantes? Faço isso por desejo de receber pra mim, apenas para tirar algum proveito, ou para agradar ao meu semelhante?

Experimente conversar consigo mesmo, fazer essas e outras perguntas análogas, sem levar em consideração a opinião do Mundo exterior. O exterior só se preocupa com você quando é pra usar sua voz e fortalecer sua tirania sobre as mentes. É justamente por isso que detesto aglomerações, não saio pra balada, não bebo em grandes rodas, não pertenço a partidos políticos e raramente me torno fã de alguém que ainda esteja vivo. Meus ídolos são lembrados por mim por suas memórias, valores e boas obras, nunca pela situação social ou fama que alcançaram. Por isso, eu cultivo suas palavras e exemplos quase sempre depois que se foram deste Mundo ilusório.

Voltando aos nossos exemplos lá do início:

  • O convite maçônico é uma falsa promessa (pois a Luz nos alcança por nossa conduta, não por pertencer a uma seita ou partido);
  • A declaração de Jesus é verdadeira, mas somente os puros de coração entendem sua profundidade, e eu também não sou um deles (sal e Luz, símbolos que precisam de pureza para serem acessados);
  • A mencionada lei de Einstein é um dogma mal-definido, mal-acabado e mal-compreendido (mesmo em sua parte válida, pois que há realidades não abarcadas por ela, muito menos definidas); e
  • Deus disse para que a Luz se fizesse mas esqueceram de nos falar que Ele não queria que a limitássemos, a abafássemos e tentássemos entendê-la com o que chega do exterior, e sim que a deixássemos entrar pela porta dos fundos, pela Porta do Sexto Sentido, a Intuição.

A Intuição é tudo que o Mundo exterior não pode te oferecer, pois ela é feita de essências que não se acabam, que não passam, a saber: Luz, Vida e Amor.

O Amor é a Lei, Amor sob Vontade!

Anúncios

Autor: Júlio [Ebrael]

Brazilian blogger. Amateur writer, poet and avid reader. Conservative, Catholic and Anti-Zionist. // Blogueiro brasileiro. Escritor amador, poeta e leitor ávido. Conservador, católico e antissionista. //

3 comentários em “Receba a Luz!”

  1. Ebrael, é curioso como a minha intuição ficou muito mais afinada nos ultimos anos.
    Eu não fiz nada para aperfeiçoar, não estudei nem pratiquei, nada, simplesmente é “quase” que precisa. “Quase” por falta de interesse de me entregar ao que seria capaz. Um exemplo simples: no dia 31 de março eu estava no barco prestes a desembarcar. Nem sei o motivo, pensei: – a conta de luz chegou e custa um pouco mais de 300, Isso não é um valor normal, visto que eu gastava 3x menos e desconfiava de gato na minha casa. Cheguei, a conta estava lá, custando 334 reais! É comum eu dizer “eu sabia”, muita coisa que acontece não é surpresa para mim. E sobre o que é a Luz e o que é ser uma Luz, eu compreendo isso.

    Beijos

    1. Toda forma de distração, tudo que nos distrai a atenção de nosso interior, é treva. A Luz nos vem quando prestamos atenção ao que nós somos, sem levar em conta o que o Mundo nos diz que somos. E isso inclui escutar essas coisas “estranhas” que nos são sopradas. Somente no silêncio é que Deus fala. O idioma da intuição é compreensível naquele momento em que a mente cala-se, e a brisa alisa nosso rosto!

      Num trocadilho, quando a Intuição fala, a mente abaixa a orelha, kkkkk.

      Bjs!

  2. Parabéns, Ebrael, por abordar este tema. Luz é conhecimento verdadeiro da vida e está mesmo, como muito claro deixa você no texto, ligada ao mundo sutil, das essências, da intuição, por DEUS, que a é VIDA, não ser um ser material e, sim, uma ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS. Forte abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s